EM BREVE, NOVO BLOG: http://www.heliopaz.com/ (1)

7 comentários sobre “EM BREVE, NOVO BLOG: http://www.heliopaz.com/ (1)”

  1. Estou na banda que gosta das frequentes experiências que voce faz com os recursos disponíveis, e utilizando cada vez mais a interface e recursos interativos, novos aparatos tecnológicos e tal. Além do conteúdo sempre atual em tudo que abordas aqui.
    Estava com saudades de ti! Abraço forte.

  2. Helio, li um comentário seu no blog da Maria Frô :
    “Conceição querida,

    “Mais do que qualquer outro blogueiro que eu conheço, defendo que o total aproveitamento das disciplinas do eixo comum da educação formal e uma maior aproximação entre pais e professores a partir de uma linguagem mais aprazível passa necessariamente pelo uso do esporte e da arte como base pedagógica para a inclusão social, além da internet como meio de dinamização da comunicação e da produção de bens imateriais e de politização horizontal e apartidária.”
    E me interesseipeloassunto…houve outros papos a respeito??
    E quanto ao texto do Mario Carrara , me parece que faltou perspicáciaao autor…o Ronaldo,ronaldo,ronaldo,ronaldo falou o que entendeu…Agora culpabilizar oPIG pela publicização
    é esquecer os interesses imediatos da mídia: criar factóides e vender exemplares e espaços publicitários…Instrumentalizar a doença, aff! Se o Lula tiver um problema cardíaco a culpa é da Dilma ou do Zés ?

  3. Hélio, o layout do blog está melhor. Eu não gostei daquela forma de posts na vertical que você colocou antes. Não sei, estou acostumado com o Blogger do Google que acho mais limpo, mais clean. Prefiro o blogger que o estilo wordpress. Mas gosto é gosto. Não sou contra a tecnologia. Muito pelo contrário, sempre gostei de lidar com essas geringonças, mas acho que é tudo muito confuso no wordpress. Mas, como disse antes, gosto é gosto. Abraço.

  4. Concordo com a mãe do Cardia. O cara se empenhar em evitar que a população de Porto Alegre tenha um belo espaço junto ao rio Guaíba — onde hoje só existe ferro velho, para praticar esportes, sentar num bar, num restaurante, tomar chimarrão, andar de bike e correr — é estranho, muito estranho.

  5. Hélio, vou fazer “dois comentários em um”…
    Primeiro, agradecer pela pelo post anterior, como disseste, ter sido “inspirado em mim”, o que me deixa lisonjeado – ainda mais sendo um texto de alta qualidade, com são em geral os teus posts. E principalmente, concordo que o Brasil (e acho que o RS ainda mais) passa por uma crise de humanismo: a maioria das pessoas pensa antes em “dar um jeito na sua vida” antes de se preocupar com os outros. Em uma “tradução simples”, são aqueles que perguntam “e o que eu ganho com isso?” quando convidados a participarem de movimentos.
    Algo semelhante ao que aconteceu em um diálogo na hora do almoço domingo passado: minha mãe disse que me via “bastante empenhado” na questão do Pontal do Estaleiro, e que eu parecia “me preocupar mais com isso do que com meu futuro”… Respondi que eu me empenho por uma causa que era não só pelo meu, mas pelo futuro de TODOS que vivem e viverão em Porto Alegre.
    Vejo diversos amigos meu “subindo na vida”: saindo de casa, casando, tendo filhos etc. Era para eu me sentir envergonhado caso eu fosse individualista, já que “fiquei para trás”: afinal, TALVEZ eu saia de casa ano que vem, caso vá fazer mestrado em outra cidade (desde que consiga bolsa); tão cedo não casarei nem terei filhos. Mas cada vez mais, percebo que apesar de gostar dos amigos que citei, não quero para mim a vida que eles têm. Não quero que minha existência se resuma a arrumar emprego, casar, ter filhos, me dar por satisfeito e pensar “já posso morrer”: isso é muito pouco.
    ————
    Agora, o “segundo comentário”: parabéns pelo domínio próprio! Esses dias eu comentei com o meu pai sobre a possibilidade de fazer o mesmo com o Cão. Adquirir o domínio não sai caro, só preciso aprender a mexer com PHP, para poder usar o WordPress.org (não sei se é preciso saber muito do código para usar o WP: eu manjo HTML, mas PHP não). Se possível, gostaria de receber algumas dicas para dar “o primeiro passo” e depois seguir adiante por conta própria.

    Bom, era isso. Esse comentário ficou tão grande, que até parece um post, hehe…

    Abração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s