CASO PAULA OLIVEIRA: A PARANÓIA ACABOU

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “CASO PAULA OLIVEIRA: A PARANÓIA ACABOU“, posted with vodpod

Por favor: não queiram desqualificar a informação só porque ela é da GLOBO. Antes de postar o vídeo acima, procurei outras fontes na web e considerei esta a mais sucinta sem ser superficial mas sem tornar a notícia mais complexa do que deveria ser.

Ou, por acaso, vocês deixam de assistir a um jogo de futebol só porque o único canal em que ele vai passar é a Globo?!

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS
7 comentários em “CASO PAULA OLIVEIRA: A PARANÓIA ACABOU
  1. Gue disse:

    Olha gente! Eu acredito que sendo vítima ou ré, a Paula Oliveira nos trouxe um problema e tanto! Jogando em nossa cara como somos omissos, e como não somos bem vindos fora do país! Buscar a verdade é muito importante, mais o mais importante agora, é resgatar nossa imagem que encontra-se manchada desde o caso Cesare Battisti.

  2. Saulo disse:

    Creio que a justiça Suiça resolverá o caso com o rigor que merece, mas o que me chama a atenção foi a letra “S” feita na barriga de Paula, que está ao contrário (dando impressão que foi feita por ela…..)Tomará que o caso não afete outros brasileiros que moram na Suiça….

  3. Nei,

    Entendi o teu ponto de vista e o respeito. O que quis dizer é: até prova em contrário, o que a relação entre o caso Herzog e o caso Paula Oliveira tem de consistente além de uma conjectura baseada em coincidências não muito coincidentes?

    Pode ser que o tempo te dê razão? Claro que sim! Porém, como ir mais fundo na conexão que tu estabeleces entre um contexto de ditadura orquestrada pelos EUA entre 1964 e 1985 e uma quantidade considerável de pessoas ligadas à vítima endossando as evidências dos suíços?

    []’s,
    Hélio

  4. Nei Duclós disse:

    Alhos com bugalhos? O que significa isso? O que é alho e o que é bugalho? Falei na maquiagem de dois crimes, feito por poderes fechados sobre vítimas indefesas. Há evidentes sintonias entre dois casos. Não se pode simplesmente achar que uma rima (alho, bugalho) seja uma solução.

  5. Jean,

    Não sei se dá pra comparar alhos com bugalhos. Além disso, o pai da moça não faria qualquer sacrifício para defender sua filha? Ele parecia tão conformado…

    Em princípio, ainda não vi ninguém abandonar nem inverter a posição de vítima para a de insana ou de ‘picareta’ da moça. Me parece um problema insólito, inesperado e incomum.

    É bom lembrar que o Clóvis Rossi da Folha também tomou partido da Paula Oliveira e foi precipitado. O telejornalismo da Band News e da Record News é bem melhor do que o de todas as outras emissoras abertas e fechadas privadas do Brasil e não considerei a cobertura deles sensacionalista.

    Eu acho que existe uma certa forçação de barra: não dá pra comparar alhos com bugalhos.

    []’s,
    Hélio

  6. Jean Scharlau disse:

    Hélio, não tenho dados para comentar, mas achei interessante este do Nei Duclós:http://outubro.blogspot.com/2009/02/paula-um-caso-herzog-na-suica.html
    O partido assumidamente nazista que domina a justiça e a polícia na Suíça armou uma arapuca para a brasileira agredida. O caso é político e envolve a segurança nacional lá deles. O partido está em pleno processo de referendum para aprovar leis rigorosas de xenofobia contra os migrantes. Segundo uma delas, o imigrante ilegal flagrado vai para a cadeia e é expulso do país, junto com o resto da família. A agressão a Paula colocaria todo o esforço xenófobo a perder. No dia em que Paula foi agredida, milhares de cartazes mostrando os imigrantes como corvos forravam o país.

    Existem muitas ligações com o caso Vladimir Herzog. Flagrada no assassinato de um jornalista, a ditadura brasileira forjou o suicídio (auto-imolação), mostrando inclusive fotos do pretenso atentado contra a própria vida. Flagrados num bárbaro atentado contra uma mulher, advogada, estrangeira legalmente no país, os nazistas suíços se desesperaram, acharam que tudo iria por água abaixo. Então reverteram a situação, forjaram a tese de auto-imolação e até mesmo estão agora surgindo “provas” como um depoimento (ilegal, segundo o advogado da família de Paula), pretensamente assinado por ela assumindo a culpa.

    A imprensa marrom da Suíça , conivente e cúmplice , deita e rola, dizendo que a brasileira forjou o atentado para ser indenizada. Mulher rica, bem posta, com relacionamento estável, não iria se submeter a uma barbárie com resultados duvidosos. Isso não cola. O que impressiona não é a cara de pau das falsas versões, mas o acovardamento do Brasil, tanto por parte da imprensa (li artigos cheios de vergonha de sermos brasileiros), quanto do governo.

    O autor do furo, Ricardo Noblat, explicou no Comunique-se que agiu corretamente ao fazer a apuração rigorosa da denúncia , defendendo a divulgação de um crime hediondo. Disse também que os outros jornais repercutiram depois de as devidas checagens. Então é mentira essa história que foi uma barriga e que isso é vergonhoso e tal. Foi uma reportagem de denúncia, que a política nazista atualmente no poder da Suíça distorceu em favor de seus próprios interesses, como fez aqui a ditadura no caso Herzog.

    Agora Paula está sendo indiciada por falso testemunho e por ter tentado enganar a polícia. Imaginem uma bomba desse tamanho: Paula de Oliveira, numa prisão por três anos. Isso é dinamite pura. É um crime que está acontecendo e o Brasil não deveria ser tão covarde, tão cheio de remorso e culpa, tão cúmplice. Os sujeitos mentem e todos ficam calados, pedindo perdão? Paula foi agredida, atacada, quase morreu. O atentado arruinou sua vida. A versão de que tenha se auto-imolado é mentira. É a partir daí, da primeira e correta percepção do fato, que o caso deve ser encarado.

    Ou vamos abandonar Paula, assim como Herzog foi abandonado em plena ditadura? Paula Oliveira, estamos contigo.

    RETORNO – Imagens desta edição: Paula Oliveira e Vladimir Herzog. No fundo, a ditadura é a mesma. Por isso os métodos se parecem.

  7. […] first collected Added 18 Feb 09 from heliopaz.wordpress.com Flag as inappropriate or […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 308,260 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: