PAULA OLIVEIRA, BLOGUEIROS, MÍDIA: IRRESPONSABILIDADE E PARANÓIA

6 comentários sobre “PAULA OLIVEIRA, BLOGUEIROS, MÍDIA: IRRESPONSABILIDADE E PARANÓIA”

  1. Informações consistentes: as cicatrizes; o sangramento; a internação hospitalar; o testemunho do pai; o primeiro testemunho da vítima. Informações inconsistentes: a auto-flagelação em troca de 200 merreca (preço de muma cirurgia plástica para corrigir as cicatrizes); a acusação sem provas da polícia suíça; a confissão não comprovada. Resultado: a polícia falou, todo mundo deu para trás. Deixaram Paula falando sozinha. Para uma vítiama acuada, é fácil assinar uma confissão falsa. Ou esqueceram como funciona uma ditadura? É preciso abandonar o tom de pastor catequizando o gentio como se jornalismo fosse um fundamentalismo. Das fontes disponíveis, confio em Paula. Mas tem gente que gosta de porta-vozes policiais que colocam a culpa na vítima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s