O BLOG: UMA MÍDIA SOCIAL

Mesmo que este blog não me dê um tostão furado e que tome um baita tempo, obviamente não estaria aqui com vocês caso esta atividade não fosse enriquecedora nem prazerosa. Seja quando a minha informação estiver incompleta, seja quando eu estiver redondamente enganado, tenho a obrigação de corrigir o mais rapidamente possível aquilo que eu fiz.

Aqui, estamos trocando informações dentro de uma REDE SOCIAL [v. blog de RECUERO, Raquel] na qual todos realizam a PRODUSAGE (o ato de produzir E utilizar conteúdo simultaneamente [BRUNS, JACOBS, 2006]). Em outras palavras, não há uma predeterminação intelectual ou cognitiva mensurável de quando a atividade de produção e a atividade de uso (em um blog, no YOUTUBE, no TWITTER, no ORKUT, no SKYPE, etc.) começa e a outra termina, nem mesmo o protagonismo da produção sobre o uso ou vice-versa durante a intersecção dessas práticas na web.

Definitivamente, não estou lidando com aquela audiência supostamente passiva apresentada a partir da visão que se tinha sobre a mídia hegemônica de massa, cujo aporte teórico baseava-se nas teorias da comunicação baseadas nos estudos de recepção pré-internet [v. WOLF, 1995; MATTELART e MATTELART, 2002; SILVERSTONE, 2002]. Apesar dessa ressalva, jamais invalido as teorias da recepção, mas aponto para o fato de que elas são mais adequadas para grande parte das análises sobre o jornalismo e a publicidade do que para dar conta da CMC ou Comunicação Mediada por Computador, como visto em PRIMO, 2003.

Dentre tantas outras diferenças, pra mim, a principal diferença entre mídia de massa e mídias sociais está no fato de que a mídia de massa costuma pretender ver a sua mensagem ‘dar o que falar’ para a maior quantidade possível de pessoas ao mesmo tempo (interação UM-MUITOS), enquanto as mídias sociais costumam dispersar conteúdo através de interações UM-UM. Em outras palavras, a mídia de massa seria como um megafone em praça pública e um blog seria como um papo de boteco com o meu melhor amigo que, se gostar da conversa, vai passar adiante pro chefe dele na volta do almoço e vai dar uma palhinha para a mulher dele (também minha amiga) por telefone no meio do expediente quando eles estiverem ao telefone [esses conceitos de interação e de conversação podem ser melhor traduzidos por PRIMO e SMANIOTTO, 2005].

Então, minha preocupação maior consiste no cuidado pra minimizar o efeito do dito popular ‘quem conta um conto aumenta um ponto’. Além de uma questão de interesse pessoal (postura, valores, objetivos, interesses ou quaisquer outras atribuições que vocês queiram dar ao uso e à produção pessoal de cada blogueiro), há ferramentas que integram a REDE SOCIAL, que INFORMAM mais rapidamente e a UM NÚMERO MAIOR DE PESSOAS do que meramente postar um novo conteúdo e esperar que alguém esteja monitorando o nosso blog e nos ofereça uma discussão.

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 308,382 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: