OSCAR 2009, INDICADOS, CRÍTICA, INDÚSTRIA

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Eu adoro cinema. E acho que todos aqueles que já tiveram a oportunidade de assistir a um filme no escuro, com som DOLBY 5.1 e em uma tela GIGANTE devem ter adorado a experiência: até mesmo filmes ruins soam como pelo menos razoáveis diante do estado humano de preparação e experiência diante desse modelo de emolduramento.

Claro que não possuo o domínio técnico de um ESPECIALISTA, nem tampouco a empáfia de algum JORNACRÍTICO. Chamo de ‘jornacríticos’ a esses caras que adoram revistas de fofocas sobre a vida das personalidades do setor e ‘se acham’ só porque já entrevistaram A ou B e porque já viajaram um monte de vezes para o exterior. O fato de ter frequentado uma escolinha de arte e de usar as ‘potentes’ câmeras de seus celulares de vez em quando não quer dizer que alguém saiba grande coisa – afinal de contas, todo picareta ou todo inexperiente ambicioso que não tenha talento, criatividade nem domínio de causa costumam recorrer a clichês batidos ou a meramente reassimiliar o material produzido por terceiros sem transformá-lo em uma legítima informação.

Informação, segundo o biólogo, cineasta e filósofo francês HENRI BERGSON é tudo aquilo que PRODUZ DIFERENÇA. Até prova em contrário, eu ainda creio nesse conceito. Esse é um tema que passará a ocupar espaço neste blog. Afinal de contas, a pós-modernidade é multidisciplinar e não uma atitude estanque frente à especialidade, seja ela prática ou teórica. Felizmente, há gente divertida, inteligente e preparada pra falar sobre cinema. Pena que os popstars da Grande Mídia se destaquem mais do que uym monte de homens e mulheres sérios que trabalham no meio…

Também sou fã do cinema europeu: menos afeito ao uso gratuito da tecnologia, adepto da piada inteligente e de contrastes entre a sisudez e a frieza escondidas por debaixo de um corpo que não passa de uma casca para uma mente que, normalmente, só não desmorona porque surge alguém totalmente diferente e faz com que a carapaça se dissolva.

Mesmo assim, HOLLYWOOD tem um puta valor, assim como a ainda quase desconhecida BOLLYWOOD (a indústria cinematográfica da ÍNDIA, a maior do mundo). O lado bom e o lado ruim do profissionalismo, da competitividade e do capitalismo estão todos representados na CALIFÓRNIA, enquanto a popularidade e a sensibilidade perdidas no OCIDENTE podem ser encontradas no ORIENTE.

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS
Um comentário em “OSCAR 2009, INDICADOS, CRÍTICA, INDÚSTRIA
  1. […] first collected Added 22 Jan 09 from heliopaz.wordpress.com Flag as inappropriate or […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 309,065 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: