ISRAEL, EUA, ÁRABES -> MÁFIA X PALESTINA

5 comentários sobre “ISRAEL, EUA, ÁRABES -> MÁFIA X PALESTINA”

  1. Hélio. Desculpe a impertinência do palpite sobre o layout do teu blog (“escapuliu!”, como diria o Chaves). Mas agora, pelo menos para leitores como eu, que têm preguiça de rolar a tela, ficou jóia!

  2. Valdir,

    Obrigado pelas visitas. Fico muito honrado de ter um leitor como tu. :)

    Gostei demais do teu blog. PARABÉNS! Já estás linkado na coluna ao lado!

    Acho que agora consegui encontrar um layout que melhorasse a legibilidade e, ao mesmo tempo, mantivesse disponíveis todos os serviços que eu queria à direita.

    Acho que cansa menos a vista com o fundo preto.

    Tomara que te agrade! ;)

    []’s,
    Hélio

  3. Cuidado com os falsos pacifistas israelenses!
    Estes vídeos contém a história documentada, com imagens, mostrando fatos, de modo que ninguém mais poderá dizer que não é verdade; são filmes obtidos a partir da própria documentação do governo inglês, que os interessados em destruí-los ainda não o tinham feito, pois centenas de outros já foram “apagados” dos arquivos. Mostra, para quem só acredita vendo, a Palestina há mais de um século atrás, povoada pelos palestinos (semitas que sempre viveram lá) e com apenas 3 mil pessoas de origem judaica e a progressiva, cruel , deliberada e violenta invasão e a ocupação de seu território por judeus oriundos de outros países. Para os que alegam que Israel sempre existiu lá, mostra as imigrações incentivadas, a continuada perseguição e calculada humilhação e destruição do povo palestino de todas as formas, os cristãos perseguidos sem o menor pejo, com a clara impunidade assumida a partir do patrocínio da Inglaterra e mais recentemente dos Estados Unidos. Impossível assistir sem tomar partido e sem divulgar ao mundo para que a história seja mudada o quanto antes:

    http://www.youtube.com

    Part I: Conspiracy threads # 01 to # 06

    Part II: Crush the revolution #01 to # 06

    Part III: The ethnic cleansing # 01 to #07

    http://album.alfemminile.com/album/see_510873_3/Guerra-di-Gaza-v-m-18.html

  4. Hélio:
    Concordo plenamente contigo. Pessoalmente, tenho meus “judeus prediletos”: Barak Spinosa (que faz aniversário comigo, em dia e mês), Noam Chomski, Kafka, Niemeyer (menos pela arquitetura e mais pela coerência) e muitos outros. Não sou fâ de judeus como Einstein (que não entendo) ou Carlitos (com seu humor negro; prefiro o Gordo e o Magro).
    Não acredito que judeus sejam melhores ou piores do que outro grupo equivalente qualquer.
    Acredito que há um grupo (sem rosto) que pretende dominar o mundo (há quem fale em reptilianos, uma teoria engraçada mas factível). E nesse grupo, naturalmente, há de tudo o que não presta, pessoas de todas as extrações étnicas, “filosóficas” e “religiosas” e também um grande número de inocentes úteis, pessoas honestas mas não muito inteligentes.
    Concluindo, espero que o Bem prevaleça. E o Bem não é algo que possa se identificar com pessoas, causas ou instituições. O Bem é apenas o Bem…
    Quanto ao novo design do seu blog, horrível, desequilibrado, bom para quem faz postagens de poucas linhas, e não para você, que é substancioso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s