ARENA E BEIRA-RIO: O FIM DE PORTO ALEGRE

https://i2.wp.com/basetta.pupazzo.org/site_media/postings/godfather.jpg


ADVERTÊNCIA: ESPECULAR É UM ATENTADO À VIDA!

Do RS URGENTE, o jornalista MARCO WEISSHEIMER, editor especial da AGÊNCIA CARTA MAIOR, informa:

Paulo Muzell e Ilza do Canto, da bancada do PT na Câmara de
Vereadores de Porto Alegre, produziram uma análise preliminar sobre
três projetos enviados pela prefeitura, dia 3 de novembro, tratando da
definição de regimes urbanísticos para as áreas do antigo Estádio
Eucaliptos (Proc. 06187/08 – PLCE 16), do Internacional (Estádio,
Parque Gigante, Parque Marinha, Estacionamento e entornos) (Proc.
06188/08 – PLCE 17) e do Estádio Olímplico e futura Arena do Grêmio, no
bairro Humaitá (Proc. 06189 – PLCE 18). Segundo essa análise, os três
projetos terão enormes impactos ambientais e de vizinhança. Segue um
resumo do documento:

“Em todos os projetos há mudanças no regime
urbanístico ampliando a densificação, os índices de aproveitamento, a
altura, diversificando o zoneamento de uso e autorizando a
transferência de potencial construtivo entre subunidades.

Na
área do Estádio Eucaliptos o uso proposto é residencial mas o aumento
de índice proposto (até 3, com taxa de ocupação máxima) trará
significativo aumento na volumetria da área construída (mais de 60 mil
m² exceto áreas não computáveis) e na densidade populacional.
Perguntamos: que conseqüências e impactos terão sobre a vizinhança?

Nas
áreas do Beira Rio está sendo proposto um zoneamento de uso com
atividade Mista 3, extremamente permissiva, absolutamente incompatível
com sua localização, permitindo-se até indústrias de 1400m². Na beira
do Guaíba, no espaço do Parque Gigante, Área Especial de Interesse
Cultural, o projeto amplia o zoneamento de uso para atividade Mista 3,
permitindo construções de até 3 andares com taxa de ocupação de 66,6%,
muito alta para a região.

Junto ao estádio Beira Rio, pouco mais
de 100 metros do Guaíba, permite-se construções de até 14 pavimentos. E
na área do atual posto de gasolina, permite-se construir até 17
pavimentos (52 m), altura máxima permitida pelo Plano Diretor, também
com taxa de ocupação máxima.

No projeto do Grêmio as duas áreas
passam a ter densidades, alturas e volumetrias exageradas, inclusive
acima do estabelecido pelo Plano Diretor. Na Azenha, nos 8,3 ha do
estádio Olímpico permite-se alturas absurdas de até 72m (24
pavimentos), zoneamento com atividade Mista 3, extremamente permissivo,
índices de aproveitamento máximo, idem à taxa de ocupação. Teremos
vários espigões e grande adensamento na área. Vale repetir a mesma
indagação anterior sobre a averiguação dos impactos ambientais e de
vizinhança.

Também no bairro Humaitá, futura Arena do Grêmio,
permite-se alturas de até 70m (23 pavimentos), zoneamento de uso com
atividade Mista 3, taxa de ocupação e índice de aproveitamento máximos,
praticamente a repetição do regime urbanístico proposto para a área do
Olímpico.

Todos os empreendimentos, do Inter e do
Grêmio, terão enormes impactos ambientais e de vizinhança e os projetos
privilegiam o capital especulativo, ampliando o uso das áreas e
possibilitando as negociações de índices entre as unidades dos
empreendimentos”.

, , , , , , , ,

Powered by ScribeFire.

Anúncios

6 comentários em “ARENA E BEIRA-RIO: O FIM DE PORTO ALEGRE

  1. Prezado companheiro Hélio Paz, a propósito do comentário que fizestes no Blog do Júlio Garcia, quero dizer que fico muito honrado por tê-lo como leitor e, principalmente, pelo conteúdo reflexivo/propositivo do teu qualificado comentário postado nesse blog. Temos muitos pontos de vista convergentes. Também sou leitor assíduo do teu excelente blog. Precisamos conversar mais…
    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s