RAFAEL NADAL É O NOVO REI DE WIMBLEDON

https://i1.wp.com/tennisworld.cc/wp-content/uploads/2008/07/nadal-wimbledon-2008-047.jpg

Na maior final do mais famoso torneio de tênis do planeta, o sempre respeitoso, fidalgo e exageradamente contido pentacampeão ROGER FEDERER perdeu sua hegemonia na grama para o touro miúra RAFAEL NADAL, em mais uma eletrizante edição daquele que têm tudo para vir a ser considerado como o maior clássico da história do tênis.

Foi a mais longa decisão do Aberto de Tênis da Inglaterra em todos os tempos, superando a épica final de 1982 entre os estado-unidenses JOHN McENROE x JIMMY CONNORS: NADAL e FEDERER duelaram durante cinco sets: o espanhol vendeu os dois primeiros por duplo 6-4; o suíço reagiu com dois sets ainda mais peleados, ambos decididos a seu favor somente no tie break (duplo 6-7).

Quase anoitecia em Londres quando, após 04:48h (descontando todas as paradas por mau tempo), NADAL obteve a derradeira quebra de saque sobre FEDERER e confirmou o seu saque no game seguinte, fechando este inolvidável quinto set em 9-7.

Tive o enorme privilégio de, entre meu trabalho voluntário na festa junina em prol do INSTITUTO DO CÂNCER INFANTIL DO RS e o aniversário de um aninho do filho de um grande amigo meu, ter podido assistir a cerca de um terço desse embate fatigante.

Vibrei como nunca e chorei como nunca por um esporte que não é popular, não é barato, que quase não o pratiquei, mas que atrai muito mais a minha atenção em uma decisão do que futebol, vôlei, basquete, fórmula um, natação ou atletismo.

Saí de casa contente demais por ter assistido à até pouco tempo atrás impensável superação capaz de fazer um jogador extremamente forte no saibro – um tipo de quadra detestado pela maioria dos jogadores anglo-saxões (que vêm dos países mais ricos e das escolas mais fortes de saque e voleio, como EUA, Austrália, Reino Unido e Alemanha).

FEDERER não encolheu por ter perdido para, como ele mesmo disse após o jogo durante a premiação, “o pior adversário no melhor piso”: ele ainda é o melhor do ranking. E ainda o será durante alguns anos, enquanto o próprio NADAL não passar a ser mais regular na grama, no cimento e no carpete e o surpreendente NOVAK DJOKOVIC não chegar no mesmo nível.

O tênis é um dos esportes mais lindos de se ver porque possui muita garra, muita técnica, exige uma capacidade de concentração incomparável a nenhum outro esporte, educação, disciplina, agilidade e, mais do que outros quesitos comuns a tantos outros esportes, UM PROFUNDO RESPEITO PELO SEU ADVERSÁRIO E UMA OBSESSIVA BUSCA POR MINIMIZAR AS SUAS FALHAS INDIVIDUAIS.

Segundo o jornal inglês DAILY TELEGRAPH, logo após NADAL despencar seu corpo atlético e bronzeado pela grama sagrada da quadra central, houve um pique de luz de assombrosos 1.400 MEGAWATTS – o que equivale à energia necessária para o cozimento simultâneo de aproximadamente 550.000 caldeirões de sopa. Foi um crescimento na demanda por eletricidade várias vezes maior do que o observado no intervalo da decisão da UEFA CHAMPIONS LEAGUE 2007/2008 entre MANCHESTER UNITED x CHELSEA, segundo a porta-voz ISOBEL ROWLEY, da empresa de energia britânica NATIONAL GRID.

Isso se deu porque os telespectadores fãs de tênis estavam tão absortos pela genialidade e pelos poucos erros não-forçados de ambos os formidáveis adversários que a noite foi caindo e raros levantaram de suas poltronas para acenderem a um mísero abajur sequer.

Esta final histórica também bateu os recordes das casas de apostas londrinas, registrando mais de £10 MILHÕES – superando os £8 milhões apostados nas quartas-de-final entre o prata da casa ANDY MURRAY e o campeão NADAL.

A casa de apostas WILLIAM HILL registrou que o maior vencedor foi um apostador que, dois meses atrás, casara £10.000,00 no espanhol. No par de 9/2, o felizardo recebeu £55.000,00.

Querem mais números? Confiram a posição da audiência da decisão em simples masculino WIMBLEDON 2008 em vários países:

#65 – Most Viewed (Today) – Germany
#58 – Most Viewed (Today) – Australia
#59 – Most Viewed (Today) – Ireland
#20 – Most Viewed (Today) – India
#23 – Most Viewed (Today) – Spain
#23 – Most Viewed (Today) – France
#40 – Most Viewed (Today) – Italy
#78 – Most Viewed (Today) – Netherlands
#14 – Most Viewed (Today) – Sports – Germany
#7 – Most Viewed (Today) – Sports – Australia
#15 – Most Viewed (Today) – Sports – Canada
#14 – Most Viewed (Today) – Sports – United Kingdom
#15 – Most Viewed (Today) – Sports – Ireland
#4 – Most Viewed (Today) – Sports – India
#11 – Most Viewed (Today) – Sports – New Zealand
#8 – Most Viewed (Today) – Sports
#7 – Most Viewed (Today) – Sports – Spain
#35 – Most Viewed (Today) – Sports – Mexico
#5 – Most Viewed (Today) – Sports – France
#10 – Most Viewed (Today) – Sports – Italy
#29 – Most Viewed (Today) – Sports – Japan
#23 – Most Viewed (Today) – Sports – South Korea
#14 – Most Viewed (Today) – Sports – Netherlands
#43 – Most Viewed (Today) – Sports – Poland
#93 – Most Viewed (Today) – Sports – Brazil
#41 – Most Viewed (Today) – Sports – Russia
#7 – Most Viewed (Today) – Sports – Hong Kong
#43 – Most Viewed (Today) – Sports – Taiwan
#30 – Top Rated (Today) – Sports

O porta-voz da casa WILLIAM HILL, GRAHAM SHARPE, disse que são os dois maiores jogadores da atualidade no auge de suas carreiras, cada um com um perfil bastante diferente. Aprofundando um pouco essa declaração, digo que o conservador e contido FEDERER, com suas calças sociais e casacos de cardigan, conquista os núcleos familiares mais convencionais, ao passo que NADAL, com suas bermudas compridas coladas na bunda, sua faixa na testa, sua vibração energética e a sua passionalidade conquistam a todas as pessoas que admiram conceitos como juventude, garra, ousadia e força.

Há, pelos dois tenistas, torcidas declaradas e apaixonadas. Contudo, mais do que torcer, o que fica claro nessa bela relação esportiva é o respeito imensurável e a aceitação mais do que tolerante pelo estilo de ser contrário de cada um dos oponentes. Essa é uma lição que vale para tudo na vida, onde a matriz agonística está presente em praticamente todas as esferas da sociedade midiatizada na pós-modernidade.

Por tudo isso, foi maravilhoso ter assistido NADAL vencer naquele que fora o território mais hostil possível para as suas características como jogador. Mais maravilhoso ainda foi, após a dolorosa derrota, todos terem aplaudido e elogiado FEDERER. O suíço que, em um dado momento do 4º set quando poderia ter perdido o jogo no tie break, VIBROU COMO NUNCA em sua carreira.

Existe um exemplo mais positivo e atual do quão esse duelo significava para ambos?!

Perdoem-me se não falei nada sobre futebol hoje. Mas, sinceramente, não havia o que falar. Afinal de contas, o Velho Mundo está em férias no mais popular dos esportes, enquanto o BRASILEIRÃO 2008 tem apresentado espetáculos deploráveis, com excesso de passes errados, defesas claudicantes, atacantes vacilantes e uma profunda orfandade em termos de meias de lig
ação.

Se não fosse pelo GRÊMIO, juro que só acompanharia a PREMIER LEAGUE, a BUNDESLIGA e a UEFA CHAMPIONS LEAGUE. E, se não tivesse sido pelo PORTALUPPI, nem estaria sabendo quem estava disputando o outrora mais emocionante torneio futebolístico interclubes do hemisfério ocidental.

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS
Um comentário em “RAFAEL NADAL É O NOVO REI DE WIMBLEDON
  1. […] a ver o mundo através da mediação só pode ser compreendido como um ente político mediado. A transmissão esportiva de um evento de tamanha magnitude mostra algo que os movimentos sociais, os partidos políticos, os jornalistas doutrinados pelo […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 309,080 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: