A VOLTA AO ESPAÇO PÚBLICO PRESENCIAL PASSA PELA INTERNET

Vivemos em uma sociedade individualista, na qual predominam duas características:

– O fluxo (de veículos, de informações, de dinheiro) não pode ser interrompido. Ele deve, sim, ser acelerado (não que eu concorde com isso, mas é o pensamento e o procedimento da contemporaneidade);

– A midiatização (a esmagadora maioria das discussões se faz através daquil que só se conhece porque foi veiculado na mídia corporativa).

A violência urbana, o capitalismo acelerado e a perda da historicidade são tanto fatores determinantes do não-envolvimento político e social da maior parte da sociedade como determinados por esse não-envolvimento.

O Brasil possui uma situação sui generis em toda a América Latina (diria que é uma situação rara inclusive em nível mundial): aqui, a concentração dos meios de comunicação de massa nas mãos de apenas seis ou sete grupos de proprietários representa um modelo de concentração econômica, industrial e de linha editorial que dificilmente encontra correspondentes similares ou até mais monopolistas do que aqui.

De certa forma, o Brasil não deixa de ser uma aberração: é o maior país em extensão territorial do continente, é o único que não fala as línguas hegemônicas no Ocidente (inglês, francês ou espanhol) e é também o país sul-americano que mais concentra macacas de auditório dos EUA.

Então, a grande maioria das pessoas aqui age e pensa de acordo com a referência hegemonicamente torta que lhes fornece informação.

Como tentar mudar esse quadro? Com DÉCADAS de trabalho de formiguinha, utilizando as novas tecnologias da informação e da comunicação de maneira descentralizada.

O maior erro da esquerda é querer tomar o poder e ainda crer que quase tudo se resume a manipulação, persuasão, racismo, sexismo e à dicotomia entre burguesia x proletariado.

Claro, tudo isso faz parte e influencia a sociedade, sim. Porém, há muitos fatores intermediários que variam de região para região, pois, querendo ou não, o Brasil é um país ENORME e MULTICULTURAL.

O grande calcanhar de Aquiles da mídia corporativa é a sua constante insistência na homogeneização da cultura e do consumo. E o grande calcanhar de Aquiles da esquerda é querer racionalizar sempre diante de uma grande massa de pessoas que não foi treinada para associar história, indivíduos e redes sociais.

Dessa forma, tudo o que os blogueiros-militantes mais experientes de dentro dos partidos e dos sindicatos dizem sobre a campanha de Maria do Rosário, dadas as condições de luta que o ambiente atual propicia, apesar de não ser a “melhor” nem a “ideal” para quem gosta de pensar e de ver os outros pensarem e se envolverem, representa uma maneira diferente de tentar encher de significado o esvaziamento político do espaço público e a confusão entre o que é público e o que é privado.

Isso posto, por que as pessoas iriam preferir ir às ruas e assinar qualquer documento em uma época de total desconfiança no semelhante e no temor do desaparecimento da privacidade por causa da falta de competência e de maturidade no uso da internet?!

A luta deve continuar. Mas deve-se aprender a levar em conta uma série de variáveis altamente voláteis e dinâmicas existentes na sociedade atual. Portanto, a melhor maneira de descentralizar a luta e de obter massa crítica suficiente para uma transformação social verdadeiramente relevante é pulverizar a internet com convites para eventos presenciais, vídeos, textos e áudio.

Esse conteúdo dinâmico e ubíqüo tende a fazer com que, aos poucos (de maneira bem lenta), o espaço público volte a ser ocupado.

No fundo, o “trabalho” de destruição da educação e da saúde no Brasil é o maior responsável pelo atual estado das coisas. Isso explica a falta de capacidade de interpretação de textos e da falta de disponibilidade generalizada para o diálogo e para conhecer e aceitar o novo.

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 308,382 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: