POLÍTICOS GAÚCHOS: QUEM NÃO É LARÁPIO, É COVARDE OU IMPOTENTE

Por que quase ninguém aderiu à petição pela prorrogação da CPI do DETRAN?

Infelizmente, não se dá bola para Petition Online porque esse forum não possui valor legal algum. Em segundo lugar, é um site que não figura entre os primeiros lugares nas ferramentas de busca. Em terceiro lugar, embora eu ache que a classe média brasileira é muito preguiçosa e inculta mesmo podendo pagar cursos baratos e de qualidade, o inglês do site é uma barreira de acesso.

 

Quarto: nada que não seja veiculado na mídia corporativa é visto, lembrado, notado.

Quinto: o esvaziamento do debate público e a conseqüente falta de capacidade da esquerda em utilizar a seu favor as idiossincrasias da mídia corporativa matam toda e qualquer possibilidade de vermos esses deputados fora do parlamento. Eles serão reeleitos. Alguns deles, um dia, poderão até sonhar em ser governadores e secretários.

Eu não acredito na democracia nem na política partidária. São instituições falidas. A democracia é o regime de quem tem mais grana. Os partidos transformam-se em sacos de gatos à medida que trabalham para crescer e se fazerem presentes em todos os rincões do país.

O importante é lutarmos pelas demandas da sociedade civil organizada reivindicando a quem quer que esteja no poder, sem querermos assumir o poder.

Não sou a favor de nenhum totalitarismo e presidencialismo, parlamentarismo ou monarquia são todos a mesma merda. Mas a democracia não é um sonho, não é uma utopia e não é uma realidade. E jamais o será em um país tão atrasado como o Brasil.

Aí me perguntam: então, qual seria a solução? Digo que seria algo aproximado a um Orçamento Participativo mega ampliado. Porém, com organização e sem ideologização.

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , , , , , , , , , ,
Publicado em ATIVISTAS
2 comentários em “POLÍTICOS GAÚCHOS: QUEM NÃO É LARÁPIO, É COVARDE OU IMPOTENTE
  1. claudia cardoso disse:

    A minha luta pela democratização da comunicação iniciou-se através de uma msg eletrônica, via Internet, chamando para um encontro no monumento do expedicionário. A pessoa que me repassou aquela msg não foi, mas eu fui. Em dez dias, contabilizávamos 6 mil acessos na página posta no ar dois dias após aquele encontro. Era novembro de 2002.
    Como foi um movimento de Internet, que causou um belo prejuízo – não assumido oficialmente – à empresa a que se destinou o boicote, víamos na petição online uma forma de agregar valor a CPI. Já que as pessoas não gostam de ir a eventos, passeatas, encontros que transpirem política de protesto, utilizar 40 segundos do seu tempo não seria nada demais. Esta era a hipótese.
    Bom, maio de 2008, quase seis anos depois daquele primeiro movimento agitado pela Internet. Que lições tirar disso, considerando-se que, na minha lista de contatos, mais de mil, afora as duas dezenas de familiares (alguns nem receberam), o restante está envolvido com algum tipo de atividade política (não partidária)?
    Culpa da ausência de um governo realmente de esquerda do Lula? Desânimo em virtude do mensalão? À capitulação ao senso comum de que “político é tudo igual”, inclusive para os esquerdistas? Preguiça? Indiferença? Omissão?
    Concordo que a democracia representativa já deu o que tinha que dar em termos de participação. A prova está aí, no qual só se elege quem tem um X de dinheiro para bancar a campanha. É mais visto, aparece mais em sua comunidade – não na mídia, pq, se verificarmos os candidatos da situação eleitos no último pleito, as caras novas midiáticas foram o Paulo Borges e Mano Changes. Então, como um Pedro Pereira se elege? Ou uma Zilá
    Breitenbach?
    Bueno, mas como mobilizar a democracia participativa, neste “enfado” político que presenciamos na esquerda, ou nos progressistas? O que está acontecendo é perigoso demais para a política e para a democracia – esta representativa. A direita está cada vez mais agressiva e corre solta por culpa dessa nossa inatividade, ou incompetência na mobilização. A Internet é uma facilitadora, mas nem essa ferramenta está nos ajudando a mexer as consciências. O máximo que essa gente, potencialmente combaitiva faz, é ler blogues. Muito triste isso.

  2. Hélio:

    Mandei a petição para todos os meus contatos de e-mail. E NENHUM deles assinou… É f***.

    Abraços
    Rodrigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 309,495 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: