REGIMES DE GOVERNO

9 comentários sobre “REGIMES DE GOVERNO”

  1. GUILHERME E LUCAS: não me nego jamais a dar atenção até mesmo a quem é mal educado ou bravateiro. Posso estar redondamente enganado, mas eu gosto de APRENDER. Portanto, tragam ARGUMENTOS e façam uso da sua INTELIGÊNCIA.

    AH! O nome do físico é ALBERT EINSTEIN.

    []’s,
    Hélio

  2. JOSÉ: quem não possui um objetivo, não chega a lugar algum. Quem não acredita em uma utopia, menos ainda. O erro do capitalismo está na pura crença do pragmatismo e o erro do socialismo está na pura crença de um ideal. Na verdade, acredito que nenhuma dessas condições pode prescindir da outra.

    Eu acho que a esquerda quer resolver o problema do país de maneira imediatista, enquanto a direita só pensa em tomar o poder e manter o status quo. Ninguém tem um PROJETO DE NAÇÃO, assim como o povo não possui UM IDEAL DE NAÇÃO.

    Como já li outro dia, os EUA crêem na LIBERDADE e a FRANÇA crê na IGUALDADE. O BRASIL poderia fazer uso propagandístico e filosófico da FRATERNIDADE, por exemplo.

    []’s,
    Hélio

  3. JOÃO: na minha opinião, funcionou apenas em Cuba, onde uma série de condições sociais, econômicas e, acima de tudo, a aliança com a URSS colaboraram para que, mesmo apesar do embargo econômico dos EUA e do fim do socialismo em quase todo o planeta, a ilha caribenha ainda mantenha este regime de governo.

    Ele está longe de ser perfeito, mas é o menos perverso para a maior parte da população.

    Isso não é comprovação científica: são meras observações pessoais. ;)

    []’s,
    Hélio

  4. seu comentário não era bem o que eu queria vc sabe que Albert Aisten fez um comentário melhor que o seu então traste de melhorar esse comentário mau elaborado! de seu querido pai Lucas Moreira Santos BJS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e de sua mamaesinha que te dá chasinho!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Caro Hélio,

    “…, O socialismo seria meu regime predileto. Todavia, comprovou-se que ele só é bem-sucedido quando a população do país em que é praticado for muito reduzida (no máximo 10 milhões de habitantes) ..,”

    Quem comprovou e onde?

  6. MIGUEL: rateeei. Não era, de forma alguma, cooperativismo a palavra que eu deveria ter usado. Desculpa por esse erro grosseiro que deixei passar.

    Na verdade, refiro-me à cooperação saudável, onde todos ganham e ninguém e nem o meio ambiente são pilhados. À medida que todos aprendem e produzem, prosperam. E a idéia é a de transmitir seus conhecimentos para que mais pessoas sejam capazes de chegar até onde elas já estão.

    É uma teoria que o prof. Henrique Antoun da ECO/UFRJ utiliza muito em redes P2P, cujo autor ainda não descobri quem é, chamada de ECONOMIA DO MÉRITO, na qual o capital social cresce à medida que a pessoa mais dá do que recebe. Não é necessariamente quem acumula mais que é o mais conhecido e mais útil a uma comunidade mas, sim, aquele que é mais solidário, que está mais bem-informado e que socializa essa informação visando o bem comum.

    Obrigado! Vou corrigir a entrada!

    []’s,
    Hélio

  7. Cuidado Hélio.
    O cooperativismo, assim como se encontra em nosso país,é apenas uma maneira que o capital encontrou para usurpar todos os direitos dos trabalhadores. Senao vejamos, assistimos a um festival de “ollas” cada vez que uma empresa fali (com seus donos sempre saindo ricos…) e os “nobres empregados” formam uma cooperativa para levar o barco adiante.
    1. Ficam e terao que pagar as dividas que nao fizeram
    2. Nunca mais terão ferias,Nao trabalha, nao tem ganho.
    3.Se ficarem doentes vale o mesmo, se tiverem sorte e a cooperativa tiver plano de saude menos mal, mas nao terao renda enquanto nao voltarem ao trabalho.
    3.Decimo terceiro? Repouso remunerado? Nevermore…
    Assistimos a um festival de cooperativas laranjas que só existem no papel para tirar as obrigações trabalhistas das empresas.
    E nao me venham falar do custo do empregado com carteira assinada. Uma rapida comparação com Europa e veremos que nao é verdadeira. Afinal se a burguesia gosta de comparar tudo (que interessa) com o 1º mundo, vamos comparar isto….
    Sou um socialista convicto, mas acho que o grande problema da execuçao é que nós os socialistas queremos acreditar que o homem é integro e justo…e aí reside o problema. Neste ponto o capitalismo joga o jogo….
    Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s