SERÁ QUE O BRASIL QUER MESMO SER SALVO?!

3 comentários sobre “SERÁ QUE O BRASIL QUER MESMO SER SALVO?!”

  1. Claro que os brasileiros (afinal, o Brasil é composto porbrasileiros, ou estou por fora?) querem que o Brasil sejá salvo.
    Existe, aqui, como em todos os lugares do mundo, dois tipos de pessoas: aquelas que ainda não estão ricas e poderosas e aquelas que já atingiram essa condição.
    Acho natural a guerra entre essas duas categorias.
    A categoria que ainda não ascendeu defende questões que permitam ter o acesso abreviado, por outro lado, a categoria já ascendida defende questões que não permitam a perda do já adquirido, bem como, aquelas que possam dificultar o acesso breve da outra categoria. Isso, a lei mais antiga de todas, a comercial, explica facilmente: quanto menos concorrência mais lucro, ou, como bem aconselhou Machiavel na sua carta ao príncipe – se não puderes amar, ou derrotar, teu adversário, mata-o.
    Qualquer empresário sabe muito bem que, quando sócios brigam quem sofre é a empresa.
    No nosso caso a empresa chama-se Brasil.
    Os países que estão melhores do que nós não é porque não tiveram essa guerra, repito, todos países travam a mesma guerra, só que os mais inteligentes sabem que essa guerra é inevitável e preparam-se para ela. As bombas despejadas visam sempre fazer o menor número de vítimas, afinal diminuir consumidores é mal para os negócios.
    As nossas duas categorias não atingiram esse estágio de inteligência, ainda se matam, remuneram mal, acreditando ser essa a melhor forma de controle.Por certo, aprenderam isso com os antigos, era assim que o controle era feito.
    Como já temos computadores e quem for paulistano tevê digital, logo, logo, usaremos os métodos modernos.
    Não querendo dizer que o uso de métodos modernos acabe com essa infindável guerra, a qual só terminará quinquilhões de anos`a frente, quando atingirmos o nirvana da evolução, mas até uma nova maneira de conviver ser criada, assim sera, de degrau em degrau si va lontano.

  2. Maia,

    É justamente o consenso e a unanimidade que prejudicam o desenvolvimento de qualquer país. A detecção das contradições, das idiossincrasias e das falhas do sistema por parte de uma oposição RESPONSÁVEL, FISCALIZADORA e PROPOSITIVA (coisa que, definitivamente, a direita jamais foi capaz de ser) é fundamental para o crescimento e para o aprendizado da cidadania.

    O Chile, assim que decidir ter mais autonomia sobre suas contas, parar de lamber o saco dos EUA e quando acabar o cobre, vai empobrecer horrores.

    Portugal teve seu patrimônio público dilapidado com privatizações ainda mais salafrárias do que as praticadas no Brasil. Vive uma situação social extremamente complicada, onde a concentração de renda está piorando a olhos vistos.

    A Espanha é um país que, assim como Portugal, recebeu bilhões de euros do Parlamento Europeu a fim de equiparar seu nível de desenvolvimento ao de países como Alemanha, França, Reino Unido e Itália, mas o dinheiro está sendo gasto muito mais em obras faraônicas do que em educação e infra-estrutura.

    Só sabe disso quem busca informações alternativas não-manipuladas pelo partido político chamado mídia corporativa.

    NÃO AO PENSAMENTO ÚNICO DA MÍDIA CORPORATIVA!!!

    []’s,
    Hélio

    []’s,
    Hélio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s