[BRA 31] GRÊMIO 2×1 GOIÁS


GloboEsporte.com > Futebol > Grêmio

Apesar de jogar em casa, o GRÊMIO estava cercado de desconfiança em função dos últimos dois péssimos resultados (empate em 2×2 em pleno Olímpico contra o fraquíssimo Atlético-MG e derrota previsível porém com pouquíssimo poder de luta, de reação e de inteligência contra o Palmeiras no Parque Antarctica).

O GRÊMIO começou esta 31ª rodada fora dos quatro primeiros colocados da tabela, que serão os representantes do país na Libertadores 2008 via Brasileirão 2007 (o Fluminense, campeão da Copa do Brasil 2007, é o nosso quinto clube na segunda competição continental de clubes mais importante do mundo).

Desta vez, os mais de 24.000 gremistas que compareceram ao estádio Olímpico Monumental em um início de noite nublada de sábado no meio de um feriadão empurraram o time de Mano Menezes desde o início e sem esmorecer, mesmo após o gol de cabeça sofrido após cobrança de escanteio perfeita do excelente Paulo Baier ainda muito cedo, aos 9′ do primeiro tempo.

Pela primeira vez em todo o campeonato, o GRÊMIO finalmente conseguiu virar um placar. Antes de ontem, em nenhum dos vários jogos em que o TRICOLOR DOS PAMPAS saíra atrás no marcador conseguira reverter o resultado a seu favor.

Mesmo limitadíssimo e candidataço ao rebaixamento, o Goiás apresentou uma virtude que eu insisto em querer ver no GRÊMIO sempre que atua fora de casa, completo desfalcado, não importa: jogou no contra-ataque MARCANDO NA FRENTE, SEM SE ENCOLHER. Os goianos, ao contrário do TRICOLOR DOS PAMPAS, possuem laterais e atacantes abertos leves e velozes.

Para a sorte gremista, faltou força física e qualidade no toque de bola pelo meio-campo. Este time do Goiás é tão ruim que, pela primeira vez desde o Brasileirão de 1996 quando nos sagramos bicampeões nacionais nas mãos de Luiz Felipe Scolari, lembro de ver o GRÊMIO ir ao temível Serra Dourada em Goiânia e voltar de lá sem derrota.

Aqui no Olímpico, a situação só não foi mais frouxa porque, além de desfalcado, o GRÊMIO jogou contra um adversário desesperado que, em caso de derrota, estaria muito próximo à zona de rebaixamento (o que, de fato, aconteceu). Inteligentemente, o bom técnico Márcio Araújo (que foi um bom centromédio na década de 1980 no São Paulo e no Palmeiras – meu amigo Rogério Rombaldi tinha ele no seu time de botão) liberou o seu time para não temer o EXÉRCITO DE FERRO COM A ALMA CASTELHANA em seus domínios.

A maior virtude TRICOLOR foi LUTAR. Foi ACREDITAR. Foi JAMAIS PENSAR QUE PODERIA DECIDIR O JOGO QUANDO BEM ENTENDESSE. Embora desfalcado, tendo que apelar para o assustador Nunes, Mano Menezes certamente saiu satisfeito com a surpreendente produção ofensiva de seu ataque, que abusou de perder gols na cara. Ao mesmo tempo, Nunes e o também questionável Pereira estiveram entre os melhores em campo.

O GRÊMIO precisa jogar mais partidas dessa forma, sobretudo fora de casa: marcar na frente, manter jogadores mais ou menos próximos para diminuir a chance de errar passes e não temer nem a torcida nem o time adversário, seja quem quer que seja.

Um fator positivo com o qual não contava que deve ajudar MUITO à pretensão TRICOLOR de obter sua vaga à Libertadores do ano que vem é que o Cruzeiro, antes favorito ao vice-campeonato, agora claudica, correndo sério risco de ficar de fora do G4 para nunca mais conseguir entrar nele.

Assisti na TV a Cruzeiro 2×2 Náutico na noite de sexta. Foi um empate empolgante, um jogo franco, em um gramado enorme e fofo, com muita torcida a favor da Raposa. O time de Dorival Júnior estava sem o excelente motorzinho Ramires que, para mim, é um volante muito melhor do que o ótimo Tinga, idolatrado por gremistas e colorados. Ele é o ponto de equilíbrio do alvi-anilado de Belo Horizonte: sem ele, o poder de marcação se reduz substancialmente. E o Náutico, na sua comovente luta para escapar da volta à Série B em 2008 (acho que escapa – e bem), recorreu a rápidos contra-ataques puxados pelos seus bons laterais (que são melhores do que os da maioria dos times da parte de cima da tabela) e conta, ainda, com o melhor atacante do Brasileirão, o uruguaio Acosta, de 30 anos, que marcou os dois gols do Timbu de Recife.

Muito mais do que o previsível empate ou vitória do Santos ou, seja, os dois resultados que favoreceriam o GRÊMIO no clássico paulista entre Santos x Palmeiras na Vila Belmiro, o jogo que demarcou o estado anímico de um seriíssimo oponente na luta pela classificação à Libertadores 2008 foi mesmo Cruzeiro x Náutico.

Apesar dessa excelente notícia, o Flamengo nos espera no Maracanã. É um adorável adversário, naquele que considero, disparado, sem nenhuma chance de comparação com nenhum outro clube, o mais digno, legítimo, respeitável, admirável e, ao mesmo tempo, irritante adversário histórico do TRICOLOR.

Mesmo que sempre haja uma comparação técnica e tática a partir dos resultados recentes para que alguns votem ou no EXÉRCITO DE FERRO COM A ALMA CASTELHANA ou no URUBU como favorito, pra mim, este clássico é muito mais empolgante, emocionante, interessante e dramático do que um Grenal. Mesmo que seja lugar-comum, todo palpite é muito difícil, neste caso específico.

O que eu mais quero é que o GRÊMIO mude de atitude fora de casa para que, finalmente, possa confiar sem medo de ser feliz que nós iremos mesmo para a Libertadores.

Blogged with Flock

Tags: , , , , , , , ,

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , ,
Publicado em ATIVISTAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 309,495 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: