GRÊMIO: LIBERTADORES 2008 COMEÇA A FICAR DISTANTE

Não me furto de dizer que, embora tenha sido alegremente surpreendido com o terceiro lugar no Brasileirão 2006 e também com o vice-campeonato da América do Sul em 2007, meu nível de exigência com o GRÊMIO FOOTBALL PORTO-ALEGRENSE e com o futebol brasileiro como um todo é muito alto. Acostumei-me a assistir a times com organização tática, qualidade técnica, força física e, acima de tudo, INTELIGÊNCIA muito além dos constrangedores “espetáculos” que assistimos hoje no Brasileirão, na Copa do Brasil e nos estaduais.

Desde que comecei a freqüentar o Olímpico Monumental em 1979 aos seis anos de idade, só não me recordo da performance do GRÊMIO em dois Brasileirões: o de 1979 e de 1980. Já tenho mais de 650 jogos AO VIVO no Olímpico desde então: se houve no mínimo 36 e no máximo 44 jogos em casa desde 1979 e eu só obtive menos de 95% de assiduidade em 1979 (assisti a apenas dois jogos), 1980 (foram mais ou menos 10 jogos), 2000 e 2001 (50% dos jogos em 2000 e 80% em 2001), façam as contas.

Pois bem: os piores GRÊMIOS que eu vi foram em 1991, 1992, 1993, 2003, 2004 e 2005. Essas foram as seis temporadas nas quais ou estávamos na Série B, ou fomos rebaixados, ou nos escapamos por pouco, ou estávamos voltando do inferno com um grupo muito barato e inexperiente. Em todas essas ocasiões, há perdão, pois a justificativa para a ruindade é mais do que óbvia.

Hoje, aos 34 anos, sei perfeitamente que a situação financeira e a Lei Pelé não favorecem a permanência dos raros valores que surgem nem mesmo um alto investimento nas categorias de base. Ao mesmo tempo, também sei que é preciso jogar com o que temos em mãos, sem esperarmos assistir a uma guinada financeria e administrativa no futebol nacional.

Dadas essas limitações, mesmo que eu não possa jamais exigir que o TRICOLOR DOS PAMPAS conserve os eventuais Renatos, Valdos e Ronaldinhos que porventura venham a surgir e que não dê mais para contratar Éderes, Baltazares, Leões, Paulos Isidoros, Batistas, Limas, Zinhos, etc., percebo uma série de falhas indefensáveis na tão festejada gestão de futebol TRICOLOR.

O GRÊMIO, mesmo pobre e sem muitas alternativas, fez uma opção por contratar uma grande quantidade de jogadores veteranos que, salvo raras e honrosas exceções, já haviam passado por cirurgias delicadas em articulações como tornozelo e joelho. Há anos, a maioria desses contratados estava atuando em países obscuros como Japão, Catar, Arábia Saudida e outros menos votados.

Se, por um lado, estas pareciam ser as alternativas financeiramente viáveis e não dá para comparar com o leque de opções que o cofre do São Paulo possibilita adquirir, vejam só a diferença: Aloísio, caro para o GRÊMIO, estava na França e nunca passou por uma cirurgia no joelho ou no tornozelo. Sua VIDA ÚTIL É, PORTANTO, BEM MAIOR do que a de Tcheco, Kelly e Rodrigo Mendes.

Tcheco teve apenas um bom primeiro ano no Grêmio. Depois que sofreu uma lesão no púbis e que passou por sérios problemas particulares, deixou de ser um meia que sabia passar, que arriscava chutar de fora da área, que tinha força para cobrar faltas colocadas da entrada da área e escanteios pelo alto no segundo pau para virar um burocrático terceiro ou quarto volante. É tanto um sacrifício pessoal por ter que jogar deslocado de suas funções características quanto uma necessidade por ter que cobrir o faceiro Bustos ou o ineficiente Patrício.

Tcheco não poderia ser parâmetro de eficiência e nem tampouco de qualidade para um clube campeão mundial e da Recopa Sul-Americana, bicampeão da Libertadores e do Brasileirão e tetracampeão do Brasil.

À exceção de Eduardo Costa (agora, lesionado por 20 dias) e de Marcelo Labarthe, todos os outros centromédios gremistas, sem exceção, são ruins de dar dó. Nunes eu nem comento; quanto a Sandro Goiano, apesar de sua enorme garra, caráter e paixão pelo GRÊMIO, ele é um jogador cujo nível é bom tão-somente para a Série B. Ele é gordo, lento, erra o tempo do bote com freqüência e não tem noção do tipo de lançamento que precisa dar aos atacantes. Tampouco é preciso nos chutes de longa distância.

O GRÊMIO deve ser-lhe muito grato pelos serviços prestados. Todavia, a memória da campanha de 2005 que nos trouxe de volta do inferno e das poucas atuações que teve em 2006 como RESERVA de Lucas euquanto ainda tinha vigor físico há um ano atrás infelizmente ficaram no passado, pois o tempo é implacável com todos os homens. Atualmente, a idolatria que a Geram do Grêmio possui pelo jogador não passa da mais comovente e singela paixão irracional e gratidão juvenil.

Saja também é um goleiro que não é nem um pouco melhor ou mais sortudo do que Galatto ou Marcelo Grohe. Galatto nos salvou do inferno. É jovem, mostrou ter sangue frio e sorte quando necessário e suas falhas não ocorrem nem em maior quantidade, nem são piores do que as do argentino. Mais uma vez, creio que a direção se impressiona pela sonoridade do nome do jogador e pelo fato de ele ser estrangeiro.

Hidalgo é de uma lentidão de dar dó. Não é exatamente velho e não tem lesões graves anteriores no seu histórico. No entanto, é pior do que Thiego (que também não é grande coisa mas, pelo menos, não é lento e sabe marcar, com a devida cobertura).

A contratação absolutamente desnecessária desses dois sul-americanos impediu a atuação freqüente da (até sábado) melhor contratação TRICOLOR de 2007: o ágil, leve e vigoroso centromédio Diego Gavilán. No entanto, Gavilán, nervoso por estar sendo muito pouco utilizado, tem entrado em campo com excesso de vontade, que acaba virando agressividade. Em função disso, será suspenso por pelo menos 120 dias e creio que, caso o GRÊMIO não chegue à Libertadores 2008, deva ser negociado.

O ataque é de dar dó: o lento, pesado e pouco eficiente Tuta e o inseguro e irregular Marcel têm-se revezado como referências dentro da área, com um resultado prático totalmente pífio. Antes disso, o inexperiente e imaturo Douglas, que havia feito alguns gols na sua chegada ao Olímpico, perdera a confiança do técnico Mano Menezes.

O plantel do GRÊMIO possui, de bons jogadores, apenas os zagueiros William, Léo e Teco, além do volante Eduardo Costa. Os demais dificilmente seriam titulares em algum dos seis ou sete primeiros colocados do Brasileirão 2007.

Convenhamos: isso é MUITO POUCO para onde pretendemos chegar.

technorati tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Blogged with Flock

Anúncios
Sobre

Prof. M.S. @heliopaz | @unisinos | @comdig | @agexcom | @jetunisinos | @cultdigitalunis | @gremiosempre | http://bitly.com/tNhPU3

Marcado com: , ,
Publicado em ATIVISTAS
2 comentários em “GRÊMIO: LIBERTADORES 2008 COMEÇA A FICAR DISTANTE
  1. Lukas disse:

    nao se abale, no ano que vem vai ser piór ainda, o gremio nao tem grana pra trazer refórços, nao vai conseguir recompor as peças que ja saíram e as que vao sair no final do ano!!! to muito preocupado com 2008!!!

  2. Rodrigo Cardia disse:

    Eu também estou preocupado. Com vários jogadores suspensos e precisando de vitória para voltarmos a brigar pela vaga na Libertadores… Esse jogo com o Goiás vai ser uma pedreira.
    Até hoje não entendi a contratação do Hidalgo. Não vi utilidade alguma, só serviu para tirar o Gavilán do time. Assim como a direção fez cagada trazendo Rodrigo Mendes (que nem joga mais esse ano!), Amoroso, Schiavi… Todo o dinheiro que gastou com essa turma, podia ter sido aproveitado melhor. Em vez de trazer Schiavi, podia ter contratado um lateral-direito que prestasse no início do ano – ficou o Patrício só porque ele foi o primeiro a peitar o juiz nos Aflitos, e deu no que deu…

    Interessante essas tuas estatísticas de idas aos jogos… Eu também tenho, mas vou ao estádio há menos tempo (meu pai é colorado e nunca me levou a um jogo do Grêmio, só comecei a freqüentar o Olímpico aos 13 anos). Sábado, contra o Goiás, será o 147º jogo que vou.

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

page views
  • 309,034 (d. 12/05/2006)
Free hit counter estatísticas heliopaz.wordpress
comentários
Suzimary em PIRÂMIDE DO CAPITALISMO (…
Ivo Antônio Barra em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
maison pereira lima em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
Francisco Reginaldo… em E-MAILS DOS MINISTROS DO …
%d blogueiros gostam disto: